sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Exigências inalcançáveis

Confesso aqui que, desde o início, a grande e bem sonante tarefa: conhece-te a ti mesmo, me pareceu sempre suspeita, como uma armadilha dos padres secretamente aliados, que querem confundir o ser humano, através de exigências inalcançáveis e desviá-lo da actividade do mundo exterior para uma falsa contemplação interior. O homem só se conhece a si próprio na medida em que conhece o mundo, só se dá conta dele em si próprio e de si próprio nele. Cada novo objecto, bem contemplado, abre um novo órgão dentro de nós.

Goethe . "A Metamorfose das Plantas"

2 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

:))

Alexandre disse...

belíssimo.