terça-feira, 16 de agosto de 2011

Prazeres simples

 
Zinnia elegans
Todos os anos compro, às cegas, a uma senhora que as vende na praça, flores anuais. Gosto particularmente de comprar aquelas cujas folhas não reconheço e ser surpreendida quando aparecem as primeiras flores. O ano passado a novidade chegou em forma de estrela, este ano são as Zínias, e as suas cores, que me estão a encantar. 

Os prazeres simples são o último refúgio das pessoas complicadas. (Oscar Wilde)

4 comentários:

Balellas disse...

Belas imagens, de encher os olhos!!!
Abraços
Lella

gintoino disse...

Gosto muito de Zinias, e costumo plantá-las na horta. Lembram-me a minha infância qdo era comum vê-las nos jardins.Infelizmente caíram em desuso e hoje é difícil encontrá-las.

Rosemary disse...

Que imagens deliciosas! Consigo sentir o perfume.

bettips disse...

Plantavam-se(eu tb), lá no jardim de casa, longe. Os canteiros eram feitos de seixos da praia: zínias, sécias, dálias, amores-perfeitos, goivos. Perdido o jardim, fica a lembrança.