terça-feira, 18 de abril de 2006

Raiz-divina

Armeria welwitschii (Raiz-divina)

Fiquei encantada quando encontrei esta enorme colónia de Armerias na praia da foz do Lizandro (Ericeira). São de um rosa bastante mais pálido do que a Armeria maritima que é comercializada para jardinagem o que me fez pensar que podiam ser Armeria pseudarmeria (Cravo-romano), uma espécie em perigo. Infelizmente não são, as folhas da espécie em perigo e restrita à zona de Sintra e Cabo da Roca, tem folhas mais largas e flores ainda mais claras, mas serve para nos lembrar que colónias destas são parte do nosso património e devem ser cuidadosamente preservadas.
Não sei qual a origem do nome comum Raiz-divina, mas parece-me evidente que tem a ver com a capacidade que esta planta tem de se desenvolver desta forma magnífica em solos áridos e climas marítimos.

3 comentários:

As Musas disse...

São lindas mesmo.

greentea disse...

bem me parecia que era a foz do lisandro...
levei daqui algumas destas plantas e consegui transplantá-las com exito , num local seco e ventoso em que o solo era igualmente arenoso.
Não sabia o nome delas mas achei que eram lindas para borduras de alguns canteiros;
Antes do Lizandro, na Praia de S Julião em direcç~~ao à Assafora há um caminho de terra batida junto às arribas que vai ter a uma praia lindissima e nessas arribas há também espécies pouco vulgares
É a Praia do Teixedo, creio eu, mas está sinalizada.
Bons passeios!

Ver disse...

Cuidado!!! Se muita gente tiver a mesma ideia(levar algumas plantas para casa) elas desaparecem mesmo.
Pode comprar nos viveiros ou tentar arranjar sementes.