sexta-feira, 5 de junho de 2009

Pessoas


Charles Darwin . por Elliott & Fry
Com as trepadeiras que lhe mostraram "O Poder do Movimento nas Plantas"

Não sei fotografar pessoas (não se entenda por isto que eu acho que sei fotografar seja lá o que for). Tenho pena porque são lindas as pessoas, mas não consigo,  só lhes apanho o passado, e nadinha do futuro que é o que eu gosto nas pessoas. Nas crianças é mais fácil fotografar o futuro, mas também não o sei fazer. 

A propósito (ou talvez não), ando fascinada com a autobiografia do Darwin, livro pequenino e despretensioso, sem estilo (é ele que o diz), mas - quanto a mim - retrato do futuro de um homem (do Homem até), não é por acaso que sempre que é reeditado, lhe acrescentam passagens que por razões várias tinham sido subtraídas ao texto original. Pergunto-me que ideia teríamos deste homem e até do seu trabalho, se dele apenas existisse a sua obra científica e os retratos que se lhe conhecem.

1 comentário:

José disse...

Olá,

Até sinto vergonha de o dizer, mas deixar passar a exposição que esteve na Gulbenkian.

Cumprimentos,

José