quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Será feliz, aquela bela árvore?


Mas, por fim, erguido sobre uma colina, surge um ulmeiro solitário. Quem o plantou e porque razão está ali? Sabe-o Deus! É difícil  desviar os olhos do seu vulto esbelto e da sua verde indumentária. Será feliz, aquela bela árvore? No Verão, o calor; no Inverno, as tempestades de neve; no Outono, as noites medonhas, em que só há trevas e apenas se ouve o vento a uivar sem causa; e, sobretudo, estar toda a vida sózinho, sózinho...
Anton Tchekov . " A Estepe"

2 comentários:

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Eu acho que ela é feliz :)

Cris disse...

Talves não esteja só, talvez tenha a companhia das aves, dos animais, dos pastores que descansam na sua sombra, dos insectos... uma bela árvore!