terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O Zé é limpinho

Parque Eduardo VII . Lisboa

Hoje fui dar com a "donzela do musgo" toda aprumada e lavadinha. Não tenho nada contra a limpeza, mas custa-me perceber que nos nossos jardins onde não se investe absolutamente nada no profissionalismo dos jardineiros, na introdução de novas espécies - onde raramente as plantas que morrem e as árvores que são abatidas são substituídas por novas - há afinal dinheiro para mandar limpar o musgo das estátuas. Que prioridades mais parvas.

Já agora, gostava só de lembrar que a árvore do fundo é um Pitósporo-ondulado, uma daquelas pestes invasoras nada recomendável em jardinagem (Tem sido observado como invasora, frequentemente em áreas geridas onde foi plantada como ornamental e a partir de onde dispersou por vezes no subcoberto.)... Mas isso não interessa nada e até fica bonito na fotografia.

1 comentário:

miguel disse...

Concordo inteiramente!!!!