sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Florir em Setembro


Urginea maritima L.

São poucas as plantas que conseguem florir nos solos áridos do fim do verão. Os passeios pelos campos trazem cada vez menos novidades, algumas bagas e frutos, as sementes das anuais para colher e pouco mais.... Mas neste cenário desolador está prestes a surgir uma personagem surpreendente que sem dificuldade se tornará na protagonista deste final de estação. É a Cebola-albarrã; Cebola-do-mar ou Cila. Com invulgar energia e determinação, esta flor rasga o solo seco e muitas vezes petrificado, tornando-se em poucos dias numa magnífica flor com mais de um metro de altura (na verdade uma inflorescência com cerca de uma centena de flores).

(continua)

3 comentários:

Lília disse...

Continua magnífica este blog. É um delírio para os sentidos. Parabéns.

Lília

http://jardinsperdidos.blogspot.com

Cris Bolbosa disse...

Esta flor é lindissima, e, perdoa-me a ignorância, mas penso que há com flores brancas e com outras raiadas de amarelo. São da mesma espécie?

Ver disse...

O género Urginea creio que tem diversas espécies, eu só conheço esta.
Mostro as flores quando abrirem