terça-feira, 19 de março de 2013

Frágil?

 Fagus sylvatica purpurea

aqui tinha referido que uma das graças da Faia-púrpura é a capacidade de manter as folhas mortas durante o Inverno. Mas não esperava que isso pudesse acontecer num lugar onde passou uma tempestade devastadora capaz de derrubar milhares de árvores centenárias. Por isso foi com surpresa e admiração que encontrei ontem no Parque da Pena uma jovem Faia preparada para o futuro que se prevê auspicioso (porque a queda de grandes árvores na vizinhança lhe permitem ter mais espaço e luz para crescer) e, pasmem, ainda com as folhas do ano passado.

1 comentário:

ᄊム尺goん disse...

...de cheiros e encantamentos!


abç