segunda-feira, 6 de abril de 2009

Jardineiros precisam-se

De pouco serve a Arquitectura paisagista portuguesa, sem bons jardineiros. E esses são cada vez mais raros. 
Ou será impressão minha?

5 comentários:

A DONA DO MUNDO disse...

NÃO SÓ EM PORTUGAL, NO BRASIL TAMBÉM
BONS PROFISSIONAIS SÃO CADA DIA MAIS RAROS, ESTAMOS NA ÉPOCA DO : " NÃO É MEU DEPARTAMENTO"

UM BEIJO

Crix disse...

Raríssimos, também é a minha impressão... :(
Abraço

Rosa disse...

Por alguma razão (que eu definitivamente não consigo perceber) é uma profissão muito desconsiderada (em Portugal). Acho que falta formação profissional com qualidade, mas também vontade de aprender...

João Carlos disse...

Para se ser bom jardineiro não basta dominar a técnica, saber de cor o nome das plantas, aplicar os adubos ou os correctivos...
É preciso isso tudo e algo mais. É preciso amar a terra, saber interpretar a mensagem da nossa Mãe-Natureza. Não basta saber cavar a terra... é preciso misturarmo-nos com a própria terra. É bem melhor plantar só pelo gosto de o fazermos do que pela colheita que podemos vir a obter...
Cada vez há menos jardineiros e cada vez mais "substituidores de plantas". Hoje até se cultivam plantas sem solo...
Ser jardineiro é ser actor do Grande Teatro da Criação...
Um abraço...

Rosa disse...

Isso João, amar a terra e muita paciência. : )