quinta-feira, 16 de abril de 2009

Somos como árvores


Somos como árvores
só quando o desejo é morto.
Só então nos lembramos
que dezembro traz em si a primavera.
Só então, belos e despidos,
ficamos longamente à sua espera.

Eugénio de Andrade . "As Mãos e os Frutos" (1948)

1 comentário:

as-nunes disse...

E o resultado está aí bem à vista!...
Apesar do tempo meteorológico não ajudar nada à festa!
António