segunda-feira, 16 de julho de 2007

Sem Sol

Helianthus annuus


Clítia era uma ninfa da água que se apaixonou pelo deus do Sol, que não lhe correspondeu. Sofrendo, Clítia começou a definhar. Ficava durante todo o dia sentada no chão frio com suas tranças desatadas sob os ombros. Assim passaram-se os dias sem que ela comesse ou bebesse, alimentava-se apenas das próprias lágrimas. Durante o dia contemplava o Sol desde o nascente ao poente, era a única coisa que via e seu rosto estava sempre voltado para ele, à noite, curvava-se para chorar.
Finalmente, seus pés criaram raizes no chão, o rosto transformou-se numa flor que se move sob o seu caule de modo a acompanhar sempre o seu amado sol.
da Mitologia Grega

Imagino que em dias de Verão como o de hoje em que o sol não se digna aparecer os Girassois ficam todos baralhados.

4 comentários:

miguel disse...

A lenda é muito bonita.A flor do girassol é uma da minhas favoritas desde a infância;agora elas podem ser de variadíssimas cores e tamanhos...

bettips disse...

Não conhecia a beleza da eterna lenda que nos acompanha o encanto solar. Abaixo é ...aquele sítio onde! Se está mais a ocidente? Sim, é um lugar bravo e cheira a especiarias... (faço colecção interior de lugares mágicos). Bjinho

Cristina disse...

Ver você ficaria encantada com plantações inteiras dessa flor por aqui. É muito bonito de ver, se conseguir fotografo uma para você.

Maria Lua disse...

Que bonita lenda! Também não conhecia e gosto muito do girassol. A partir de agora, lembrarei essa história de amor sempre que olhar para essa flor...
Obrigado pela partilha.
:)