domingo, 7 de maio de 2006

Do Cabo da Roca para o resto do mundo

Armeria pseudarmeria (Murray) Cravo romano
Não é invulgar vermos referências e elogios à A. pseudarmeria em obras sobre botânica ou jardinagem, no entanto esta espécie de Arméria, sem duvida a mais exuberante que vi até hoje, só pode ser admirada no seu habitat natural num único ponto do mundo, O Cabo da Roca onde tive o privilégio de as poder ver e fotografar.
È uma espécie protegida e considerada em perigo, no entanto nesta zona extremamente restrita existem enormes colónias e o momento da floração é um espectáculo único.
As vizinhas A.welwitschii são mais pequenas e mais rosadas, mas a diferença mais desconcertante está nas folhas. A generalidade das Armerias tem umas folhas semelhantes a folhas de relva, que justificam nomes como Gazon d Espagne, as folhas da A. pseudarméria têm mais de dois centímetros de largura e se pensarmos que estas plantas só exibem flores durante um curto período de tempo não é difícil perceber porquê que foram designadas de pseudoarmérias.

2 comentários:

Anónimo disse...

Uma beleza tão ... sem mão humana para a domar. A Natureza é sábia.
Estive há um mês aí (?) e o verde precipitava-se no mar. Quem me dera saber mandar-lhe uma foto (por aqui) para verificar se andamos no mesmo sítio.
Oh ... belos blogs com cheiros de alma ...
da EP/Porto

Manuela disse...

;-)